Fluminense

Fluminense deixa a Libertadores

Em jogo disputado nesta quarta-feira (16/03), no Defensores del Chaco, o Fluminense acabou superado pelo Olimpia-PAR, no tempo normal, por 2 a 0, depois do triunfo por 3 a 1 no confronto de ida, no ...

Por Redação

há 4 meses


Fluminense deixa a Libertadores



Em jogo disputado nesta quarta-feira (16/03), no Defensores del Chaco, o Fluminense acabou superado pelo Olimpia-PAR, no tempo normal, por 2 a 0, depois do triunfo por 3 a 1 no confronto de ida, no Estádio Nilton Santos, pela terceira fase da Libertadores.

Depois do revés nos pênaltis, por 4 a 1, o time deixou a competição. Pelo Flu, o volante André acertou a cobrança da penalidade. Com o resultado, o Tricolor disputará a Copa Sul-Americana.

A equipe comandada por Abel Braga volta a campo na segunda-feira (21/03), às 20h, quando enfrenta o Botafogo, no Nilton Santos, em clássico que abre o duelo válido pela semifinal do Campeonato Carioca.

PRIMEIRO TEMPO

Aos 7 minutos, depois da cobrança de falta de Jhon Arias, David Braz ficou com a sobra, dominou e, livre na área, balançou a rede. A arbitragem, no entanto, anulou o gol por suposto toque de mão. Aos 17, Martinelli lançou para Arias cabecear nas mãos do goleiro.

Aos 35 minutos, Jorge Recalde abriu o placar para o Olimpia-PAR, com gol de cabeça. Aos 41, em contra-ataque puxado por Jhon Arias, Germán Cano recebeu passe do colombiano e, da entrada da área, encheu o pé, parando no goleiro. Nos acréscimos, o argentino arriscou mais uma finalização de longe, sem sucesso.

SEGUNDO TEMPO

Aos 20 minutos, Willian Bigode avançou e passou para Gabriel Teixeira, cara a cara, finalizar em cima do goleiro. Aos 42, o camisa 17 soltou uma bomba, espalmada pelo goleiro. No instante seguinte, Guillermo Paiva, na área, pegou a sobra e arriscou o arremate para marcar o segundo gol do Olimpia-PAR.

FICHA TÉCNICA

Libertadores – Terceira Fase (Jogo de Volta)

16/03/2022, 21h30 – Defensores del Chaco

Olimpia-PAR (2) (4)

Gastón Olveira; Sergio Otálvaro, Saúl Salcedo, Antolín Alcaraz e Mateo Gamarra (Walter González); Alejandro Silva (Guillermo Paiva), Márcos Gómez (Luis Zárate), Richard Ortiz e Fernando Cardozo (Hugo Quintana); Jorge Recalde (Néstor Camacho) e Derlis González. Técnico: Júlio César Cáceres

Fluminense (0) (1)

Fábio; Nino, David Braz e Felipe Melo; Calegari (Pineida), André, Martinelli e Cris Silva; Luiz Henrique (Willian Bigode), Jhon Arias (Gabriel Teixeira) e Germán Cano (Luccas Claro). Técnico: Abel Braga

Gols: Jorge Recalde (35’ 1T) e Guillermo Paiva (43’ 2T) (OLI)

Cartões amarelos: Fernando Cardozo, Richard Ortiz, Gastón Olveira, Marcos Gómez, Saúl Salcedo e Guillermo Paiva (OLI); David Braz e Cris Silva (FLU)

Cartão vermelho: Nino (FLU)

Arbitragem: Roberto Tobar, auxiliado por Cristian Schimann e Claudio Rios

fonte: https://www.fluminense.com.br/noticia/fluminense-deixa-a-libertadores

Outras noticias do Libertadores

  Fluminense estreia com vitória de virada na Libertadores